Buscar
  • VINICIUS VITAL

Rio mantém previsão de flexibilização de uso de máscaras, mas carioca precisa aderir à vacinação

Mais de 140 mil pessoas não voltaram aos postos para completar o ciclo de imunização

Secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz esteve presente na campanha Vacina Maré Marcos Porto / Agência O Dia

Rio - O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou que o município mantém a previsão de flexibilizar as medidas restritivas nesta sexta-feira (15). O relaxamento, no entanto, depende da adesão dos cariocas à segunda dose da vacina contra a covid-19. Mais de 140 mil pessoas não voltaram aos postos para completar o ciclo de imunização.FOTOGALERIA Orquestra da Maré se apresenta em abertura da campanha Vacina Maré, que vai imunizar toda população até sábado "Se os cariocas acelerarem a procura a gente vai ter aceleração das etapas de reabertura", afirmou o secretário.

Quando a cidade atingir 65% da população vacinada, os cariocas ficam liberados do uso de máscaras em lugares abertos e sem aglomeração.

Soranz afirmou que a flexibilização vai se manter mesmo que outras cidades da Região Metropolitana não alcancem a mesma cobertura. "A capital sempre esteve à frente, mas as outras cidades também estão avançando. Pode haver uma diferença segura de até 10 pontos percentuais na cobertura vacinal entre os municípios (do Grande Rio)", afirmou.


O secretário disse que a expectativa é de que a vida volte ao normal em novembro. "Foi um momento muito triste para a cidade e para a secretaria de Saúde. Ainda tem muita gente se recuperando. Nossa esperança é sair o quanto antes", afirmou o secretário.

Nesta quinta-feira foi iniciada a segunda fase da campanha #VacinaMaré, ocorrida no início de agosto. Agora, os moradores do complexo devem completar o ciclo de imunização. Para isso, a Fiocruz, as Redes da Maré e a Secretaria Municipal de Saúde se unem novamente em um mutirão de vacinação que acontecerá entre os dias 14 e 16 de outubro.

Uma cerimônia na Clínica da Família Adib Jatene, na Maré, marca a campanha da segunda dose na comunidade que deve estar completamente imunização no sábado.

Continua após a publicidade


Participaram do evento o secretário de saúde Daniel Soranz, o assessor de relações Institucionais da Fiocruz, Valcler Rangel, o pesquisador da Fundação, Fernando Bozza, a diretora da Redes da Maré, Eliana Silva e o secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha.

A deputada estadual Renata Souza também participa da campanha, que também contou com uma apresentação da Orquestra Maré do Amanhã.Orquestra da Maré se apresenta em abertura da campanha Vacina Maré, que vai imunizar toda população até sábado.

Créditos: Beatriz Perez#ODia pic.twitter.com/s87ZNEV8tE — Jornal O Dia (@jornalodia) October 14, 2021

2 visualizações0 comentário