Buscar
  • VINICIUS VITAL

Rede hoteleira do Rio espera atingir a taxa de 85% de ocupação no Carnaval de abril - SUPER TOP 89.3

Desfiles das escolas de samba vão acontecer entre os dias 20 e 23 de abril. Até o momento, a cidade já registra 68,49% dos quartos reservados para o período

Os desfiles das escolas de samba vão acontecer entre os dias 20 e 23 de abril Fabio Costa/ Agência O Dia

Rio - Os hotéis do Rio de Janeiro têm a expectativa de atingir 85% de ocupação neste Carnaval fora de época. Os tradicionais desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí precisaram ter sua data transferida para abril, no feriado de Tiradentes, devido à pandemia da covid-19. Já os blocos de rua foram cancelados. Até o momento, a cidade já registra 68,49% dos quartos reservados para o período entre 21 e 24 de abril.

Os dados foram divulgados na última quinta-feira (14) em uma pesquisa de ocupação feita pela Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH-RJ) e pelo Sindicato dos Meios de Hospedagem do Rio de Janeiro (HotéisRIO). Leme e Copacabana lideram com 70,23%, seguidos de perto por Barra da Tijuca e São Conrado (68,59%). Em terceiro está o bairro do Centro, com 66,57%, em quarto estão Ipanema e Leblon (64,43%). A quinta posição fica com Flamengo e Botafogo, com 61,27%.


Para Alfredo Lopes, presidente do HotéisRIO, a ocupação dos quartos na cidade ainda tem grandes chances de crescer nos próximos dias. Segundo ele, o Carnaval é um evento que movimenta bastante o turismo no Rio. Dados da Riotur mostram que, em 2020, a festa foi prestigiada por 2,1 milhões de turistas, que movimentaram cerca de R$ 4 bilhões na economia carioca.


"Por isso acreditamos que os números de ocupação vão aumentar ainda mais. Nossa expectativa é de que, até o dia do início do Carnaval, chegue a 85%. Após dois anos sem desfiles e blocos, o público quer voltar a desfrutar dos encantos da Cidade Maravilhosa", afirmou Lopes.

Continua após a publicidade


Os desfiles das escolas de samba da Série Ouro serão realizados nos próximos dias 20 (quarta-feira) e 21 de abril (quinta-feira), às 21h. Já as escolas do Grupo Especial entram na Avenida nos dias 22 (sexta-feira) e 23 (sábado).

Outros dados

Na Semana Santa, o Rio de Janeiro registrou uma média de 81,42% dos quartos reservados para o período de 15 a 17 de abril. As regiões de Barra/ Recreio/ São Conrado lideraram com 89,70%, com Ipanema/ Leblon em segundo lugar (88,36%) e Copacabana/ Leme em terceiro (85,17%). Flamengo/ Botafogo apareceram na quarta posição com 75,35% e Centro está em último, com 54,57%.


No período tradicional do carnaval, em fevereiro, a taxa de ocupação média na cidade foi de 82,16%, segundo o HotéisRIO. As regiões de Ipanema/Leblon e Barra/Recreio/São Conrado superam a média, com 89,49% e 82,26% de ocupação, respectivamente. Em terceiro lugar, aparecem Leme/Copacabana, com 83,89%, seguidos de centro (77,93%) e Flamengo/Botafogo (75,78%).

Na noite de Réveillon, os hotéis da cidade registraram 96% de ocupação. Segundo o HotéisRIO, a alta taxa confirmou as expectativas e foi relacionada à ampla cobertura vacinal da cidade e à exigência do passaporte de vacinação em hotéis, restaurantes e atrações turísticas da cidade.

O levantamento se refere ao intervalo entre os dias 30 de dezembro de 2021 a 1º de janeiro de 2022. No período, os campeões de ocupação foram os hotéis nos bairros de Ipanema e do Leblon, com 95,08%. Em seguida, os estabelecimentos da Barra da Tijuca e do Recreio, com 95,02%, do Leme e de Copacabana (91,31%), Flamengo e Botafogo (91,27%) e Centro (88,09%).


fonte O DIA

1 visualização0 comentário