Buscar
  • VINICIUS VITAL

Obras de saneamento no Jacarezinho, previstas no Cidade Integrada, começam nesta segunda

Obras de canalização e limpeza dos rios Salgado e Jacaré estão na lista de projetos, assim como a regularização do abastecimento de água e o recolhimento do lixo

Caixa d'água localizada no Jacarezinho contém diversas marcas de tiros. Programa Cidade Integrada prevê expansão do saneamento básico Marcos Porto/Agência O Dia

O DIA / Rio - Começam nesta segunda-feira (24) as obras de saneamento e limpeza previstas para o Jacarezinho, na segunda etapa do programa Cidade Integrada - a primeira aconteceu na última quarta-feira (19), com a ocupação policial. Ações como a limpeza de rios, a regularização do abastecimento de água e o asfaltamento de ruas estão na lista de atividades.

Uma prioridade do programa é expandir a rede de água e esgoto, já que nem todas as localidades do Jacarezinho contam com saneamento básico. Para isso, nesta segunda, funcionários da Águas do Rio devem percorrer a comunidade para saber onde precisarão instalar o sistema.


Além disso, estão previstas a canalização e a limpeza dos rios Salgado e Jacaré - o último corta toda a comunidade e atravessa também Manguinhos. Nas duas favelas, o lixo acumulado às margens do rio é um problema antigo.


Ações de urbanização das ruas, como asfaltamento, iluminação e a instalação de ciclovias, também devem começar nesta segunda-feira.

No último sábado (22), durante o lançamento do programa, o governador Cláudio Castro (PL) contou que a concessionária de saneamento básico ainda estuda diminuir o valor da tarifa social de seus serviços.

"Será feito o recadastramento das residências, extensão da via para regularizar o abastecimento, revitalização do reservatório, ampliação da tarifa social, e reparo da rede. Essa questão da tarifa social, queria agradecer muito a Aegea, porque está fazendo de tudo para diminuir, inclusive, o valor da tarifa social, porque viu que o que as pessoas consomem é menor ainda que o estipulado para ser a tarifa social, para que ela seja mais social ainda e as pessoas tenham mais possibilidade de pagar", disse.

Continua após a publicidade


Outros projetos que iniciarão ainda em janeiro, segundo o governador, serão o 'Esporte Presente', que beneficiará 150 alunos por unidade, e 'Favela Criativa', que levará apoio aos projetos culturais das comunidades.

Ao todo, o Cidade Integrada, que também prevê ações na comunidade da Muzema, deve ter custo total de R$ 500 milhões.

1 visualização0 comentário