Buscar
  • VINICIUS VITAL

Incêndio destrói estação Vila Queiroz do BRT na Zona Norte - SUPER TOP FM 89.3

Fogo teria começado na rampa externa da saída de emergência

Estação do BRT da Vila Queiroz destruída pelas chamas Reprodução / Redes Sociais

Rio - Um incêndio atingiu a estação do BRT Vila Queiroz, em Madureira, Zona Norte do Rio, na madrugada deste domingo (15). Um vídeo publicado nas redes sociais mostra a estação sendo completamente consumida pelo fogo.

@cbmerjoficial @BRTMobiRio @FailBrt @SeopRJ Os cracudos estavam queimando fios e o fogo tomou conta da estação VILA QUEIROZ pic.twitter.com/IwNUTH6B6J — Jeferson Carvalho (@jefersonrbc) May 15, 2022

Continua após a publicidade




Segundo o Corpo de Bombeiros, agentes do Quartel de Campinho foram acionados para combater as chamas. A corporação informou que não houve vítimas no local.


A Mobi-Rio, responsável pelo sistema BRT, informou em nota que o incêndio começou por volta das 5h deste domingo. Segundo a concessionária, o fogo teria começado na rampa externa da saída de emergência e se alastrado pela estação. Os bombeiros foram acionados para combater as chamas e só a perícia poderá determinar as causas do incêndio.


A Mobi-Rio também informou que a estação vai permanecer fechada até que os reparos em sua estrutura sejam concluídos. A empresa orienta que, para embarcar e desembarcar, os passageiros utilizem as estações Otaviano ou Vaz Lobo, localizadas no corredor BRT Transcarioca.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 29ª DP (Madureira) e a perícia realizada no local. A instituição acrescentou que as investigações estão em andamento para esclarecimento dos fatos. Procurada pela nossa reportagem, a Polícia Militar ainda não retornou as mensagens.

Continua após a publicidade



Não é a primeira vez que a estação Vila Queiroz é destruída. Em março de 2016, durante um protesto, o local foi depredado e destruído. Em março 2020, a estação havia sido fechada, como medida de prevenção no combate à pandemia da Covid-19, porém, durante este período, a estrutura foi completamente vandalizada, sendo reaberta somente sete meses depois.


fonte O DIA

2 visualizações0 comentário

CLIQUE E OUÇA AO VIVO

1f447-1f3fe.png